terça-feira, setembro 13, 2005

Das duas uma: ou é um piscar de olhos ao voto dos nacionalistas ou simplesmente saloíce

Era mesmo disto que Lisboa precisava. Uma bandeira nacional de tamanho gigante – a maior do país - hasteada no alto do Parque Eduardo VII. Talvez para nos lembrar que somos portugueses. Como se olhar cá para baixo, para a rotunda do Marquês, e ver a forma como circula o trânsito não remetesse até o mais distraído para essa condição.