sábado, março 27, 2004

José Cid

Junto a minha voz á do clube de fãs do Jose Cid no desejo de rapidas melhoras a esse grande ícon da musica nacional, que ontem foi transportado de emergencia para o hospital por ter caido do cavalo. Jose Cid autor de tantas e tantas musicas que nos fizeram e fazem a todos sonhar, não vê neste país (talvez pequeno demais para o seu valor) o seu talento reconhecido. Pois cabe-nos a nos atentos cidadãos chamar a atenção para esse telento não reconhecido. Em jeito de tributo deixo aqui a letra de uma musica que me toca de forma especial por todo o romantismo que contem. Refiro-me a "Como o macaco gosta de banana". Qualquer tentativa de compreender a letra será em vão, pois como acontece com todos os verdadeiros genios, tambem o grande Cid é um incompreendido.

A minha palmeira é muito porreira eu sei
mas no meu deserto tu foste o oasis que achei
tu ficas doidinha quando eu tiro a casca a banana
ficas tão tontinha que a tua cauda abana
como o macaco gosta de banana eu gosto de ti
escondi um cacho debaixo da cama e comi, comi
minha macaca gira e bacana, o teu focinho é que não engana
pois se a macaca gosta de banana tu gostas de mim
como o macaco gosta de banana eu gosto de ti